Histórico

aboutus

Fundação

A Sociedade de Medicina de Pelotas foi fundada em 7 de novembro de 1940. Foi concebida por homens sonhadores, que sentiram a necessidade de congregar a classe médica para juntos lutarem por objetivos comuns. A primeira diretoria tinha como presidente o Dr. Franklin Olivé Leite e também faziam parte dela Dr. José Ottoni Xavier, Dr. Álvaro Ozório, Dr. Orlando de Azevedo e Dr. Avelino Costa.

Inicialmente, as reuniões, assembleias e eleições eram realizadas no salão de honra da Biblioteca Pública, após passaram a acontecer no prédio da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas.

Acontecimentos

Em 1948 a Sociedade de Medicina de Pelotas organizou o Congresso de Hidatidose, que foi o evento mais importante da década nesta área. Este congresso mobilizou pesquisadores de muitas regiões do Brasil e da Argentina, sensibilizando autoridades estaduais e transformando Pelotas em referência no tratamento da patologia. Devido necessidade de possuir uma sede própria, a diretoria da época conclamou a ajuda dos associados e estes contribuíram monetariamente adquirindo títulos de Sócios-Proprietários. Somado a este esforço foi conseguido um percentual de auxílio do governo estadual e assim foram compradas as salas do 11º andar do Edifício Itatiaia que estava em construção, no dia 16 de agosto de 1956, na gestão do Dr. Orlando Corrêa Azevedo, Dr. Paulo Ribeiro e Dr. Guilherme Soibelmann. Na ocasião, o número de sócios era de 60 médicos, portanto, o auditório foi projetado para ter 60 cadeiras. Finalmente, em 1965, na gestão do, então presidente, Dr.Guilherme Soibelmann, foi inaugurada a sede própria da Sociedade de Medicina, na rua XV de Novembro, 607, 11º andar, no centro da cidade. Durante a gestão do Dr. Paulo Möller (1967 a 1969) o auditório original foi ampliado, passando de 60 para 107 cadeiras.

Na década de 60 os médicos da Sociedade de Medicina desempenharam um papel fundamental na implantação das faculdades de medicina na nossa cidade, tanto da Universidade Federal como da Universidade Católica, muitos deles iniciando como docentes destes cursos. 
Também nos anos 60, na primeira gestão do Dr. Salvador Ferreira foi criado o prêmio “Sociedade de Medicina de Pelotas” com a finalidade de despertar a consciência de classe nos universitários. Este prêmio consistia em um diploma e o equivalente a 6 mil cruzeiros para o acadêmico com o melhor trabalho científico. 
Em outro mandato do Dr. Salvador Ferreira (1979-1981) pensou-se em construir uma nova sede, no intuito de contar com um espaço maior e mais confortável. Assim, em 1979, adquiriu-se um terreno situado a Avenida Adolfo Fetter, 2102.   
A Sociedade de Medicina nunca parou, em agosto de 1980 foi editado o primeiro número do jornal TRIBUNA MEDICA, lançado na gestão do Dr. Salvador Ferreira, juntamente com Dr. Carlos Roberto Lauffer, Dr. Antonio Cesar Borges, Dr. Saul Katz, Dr. Alípio Coelho e Dr. Carlos Appel da Silva. Este jornal continha notícias e atualizações científicas: o primeiro exemplar apresentava a tomografia computadorizada à classe medica, outro número estampou na primeira página o “primeiro Transplante de Rim em Pelotas”, em 1981. 

Assim sucederam-se muitos homens brilhantes e dedicados à classe médica na cadeira de presidente. A primeira mulher presidente da Sociedade de Medicina foi a Dra Gislaine Silveira de Vargas, que ocupou esta vaga de 1999 a 2003. Durante a gestão da Dra. Gislaine, no empenho de melhorar a infraestrutura da entidade, foi iniciada uma reforma das instalações da AMP, tornando-a mais confortável e climatizada. 
Em 2000, a festa de aniversário de 60 anos da Associação Médica de Pelotas foi realizada juntamente com a comemoração do Dia do Médico. Nesta ocasião, prestou-se uma homenagem à memória do fundador, Dr. Franklin Olivé Leite e foi inaugurada uma placa contendo os nomes dos presidentes na entrada do novo auditório.

Modernização

A Sociedade de Medicina de Pelotas teve sua denominação alterada para Associação Médica de Pelotas, conforme novo código civil, em 2003.
Neste ano a Dra. Ada Lygia Pinto Ferreira assumiu o cargo de presidente, permanecendo nele por duas gestões. Destacou-se como uma mulher empreendedora que entre outras inovações, modernizou o auditório, criou a Carteira do Associado possibilitando ao sócio obter descontos em várias empresas de Pelotas, como postos de gasolina, cinemas, padarias, entre outros, idealizou a página virtual da associação, colocando-a a disposição do associado em 2005 e fez a reforma no Estatuto da Associação Médica.

Em 2010, na gestão do Dr Mauro Umpierre, foram comemorados os 70 anos da Associação Médica em um grande evento realizado em 23 de outubro de 2010 no qual foram homenageados todos os ex-presidentes da Associação Médica com um troféu confeccionado exclusivamente para a data e entregue a eles ou seus representantes. Nesta gestão, com a ajuda dos associados através de votação via internet, foi modernizado o logotipo da AMP, optando-se por um modelo mais atual sem perder a principal característica da nossa entidade: a valorização do médico. Também foi reformulada a página virtual da AMP, possibilitando a visualização de palestras ocorridas na sede, notícias da área médica e eventos sociais efetuados, através de senhas individuais.